Pilates para gestantes

Além de melhorar o condicionamento físico, o pilates para gestantes também previne sintomas desconfortáveis da gravidez. Conheça os benefícios!

Pilates para gestantes
Pilates para gestantes. Foto:Divulgação

Pilates para gestantes. Foto:Divulgação

Uma gestação normal tem duração de 38 a 42 semanas, sendo o primeiro trimestre marcado pelas alterações emocionais, desidratação, alteração da temperatura corporal, câimbra muscular, assim como náuseas e vômito.

O segundo trimestre é tranquilo, pois a gestante apresenta maior disposição e começa a sentir os primeiros movimentos fetais — período extremamente indicado o trabalho dos músculos da região da cintura escapular.

Veja também:

Cardápio para alimentação saudável das gestantes

Cuidados com o cabelo durante a gravidez

Biquínis para grávidas: como usar

Benefícios do pilates para gestantes. Foto:Divulgação

Benefícios do pilates para gestantes. Foto:Divulgação



A etapa final da gestação encontra-se caracterizada pelo desconforto, onde a constipação intestinal, inchaços nos membros superiores e inferiores, músculos abdominais em limite de extensibilidade e dores na região lombar estão presentes.

A prática da atividade física — com ênfase em exercícios de pilates — promove a diminuição das diversas dores de origem musculoesqueléticas, melhorando atributos como equilíbrio, peso corporal, assim como evitando a sobrecarga das articulações.

Grávidas devem praticar o pilates durante o pré-natal. Foto:Divulgação

Grávidas devem praticar o pilates durante o pré-natal. Foto:Divulgação

Postura da gestante no pilates



• Cabeça anteriorizada;

• Hiperlordose;

• Peso do corpo sustentado pelos calcanhares;

• Rotação interna nos úmeros;

• Rotação lateral dos fêmures;

• Hiperextensão dos joelhos;

• Músculos peitorais encurtados e fortes;

• Músculos dorsais alongados e fracos;

• Músculos abdominais estirados;

• Musculatura lombar e flexora do quadril curta e tensa.

Benefícios do pilates para gestantes



Respeitando as limitações de seu condicionamento físico e pensando na apresentação da mencionada postura, a prática do pilates é verdadeira aliada do período gestacional. Entre os benefícios proporcionados pela atividade estão:

O pilates é um grande aliado da gravidez. Foto:Divulgação

O pilates é um grande aliado da gravidez. Foto:Divulgação



• Melhora nas condições respiratórias;

• Melhora no condicionamento físico;

• Fortalecimento dos músculos de todo o corpo;

• Diminuição das tensões musculares;

• Aumento da circulação sanguínea;

• Mobilização da coluna vertebral (recuperando sua curvatura natural);

• Fortalecimento da parede abdominal;

• Melhora nas condições de descanso.


Exercícios de pilates para gestantes



Atividade com bola:

deitada de barriga para cima, a gestante deverá flexionar as pernas colocando uma bola entre os joelhos e fazer pressão com os membros inferiores.

Este exercício melhora as condições de circulação da região pélvica (preparando-a para um possível parto normal), além do auxílio na prevenção e alívio contra as dores lombares e na sacroilíaca (articulação que une a região da pelve à coluna).

Membro inferior elevado:

também realizado com a grávida deitada de barriga para cima, uma das pernas deve ser flexionada, elevando a outra em posição retilínea e deixando-a parada por 10 segundos. Repetir o movimento com a outra perna.

Entre os benefícios proporcionados com a prática desse exercício de pilates estão o fortalecimento da região anterior das coxas e o alongamento da superior, evitando o aparecimento de câimbras e varizes.

Pilates com bola para gestantes. Foto:Divulgação
Pilates com bola para gestantes. Foto:Divulgação
Pilates com membro inferior elevado. Foto:Divulgação
Pilates com membro inferior elevado. Foto:Divulgação


Elevação do tronco:

de barriga para cima, flexionar as pernas, colocar a bola entre a região dos joelhos e utilizar uma estrutura que permita que os membros inferiores fiquem mais elevados que o restante do corpo. Levantar o tronco, retirando as costas e os glúteos do chão, apoiando-se somente com os ombros e pernas.

Este exercício mobiliza a região da coluna, acionando e fortalecendo a musculatura da parte posterior das coxas e dos glúteos, e auxiliando também na prevenção contra dores nas costas.

Flexão lateral:

sentada com as pernas cruzadas e apoiando um dos braços no chão, movimente o lado oposto erguendo e direcionando-o para o lado do braço apoiado. Localizando-o acima da região da cabeça, force o braço semelhante a uma flexão lateral.

Pilates com tronco elevado. Foto:Divulgação
Pilates com tronco elevado. Foto:Divulgação
Flexão lateral no pilates para gestantes. Foto:Divulgação
Flexão lateral no pilates para gestantes. Foto:Divulgação


A prática dessa atividade proporciona o alongamento da região dos braços e troncos e melhora as condições de circulação sanguínea e da articulação dos ombros.

Mariana Paiva Costa
Mariana Paiva Costa, estudante de Design de Moda pela Unipar. Atua como redatora no site e tem como principais interesses: moda, filmes e arte.
Portais da Moda - Dicas de Saúde e Beleza

Pilates para gestantes

Deixe seu comentário

(Não divulgado)


Informe os numeros:









"As imagens presentes nesta matéria são reproduções de materiais já existentes. Caso tenha algum direito sobre as mesmas, entre em contato conosco para incluir os créditos ou solicitar a retirada."



FIQUE POR DENTRO