Fashionlab, o primeiro site de criação coletiva de moda

Um novo sistema onde empresas pagam por serviços criativos de profissionais do mundo todo. Enviem suas criações.

Fashionlab, o primeiro site de criação coletiva de moda
Primeiro crowdsourcing criado exclusivamente para moda. Foto:Divulgação

Primeiro crowdsourcing criado exclusivamente para moda. Foto:Divulgação


A tecnologia tem alcançado grande importância e conquistando cada vez mais seguidores, não é mesmo? Cada hora surge novidades no meio virtual, o Fashionlab um é exemplo disso, ele convida as pessoas a mostrarem seu talento enviando online projetos para grandes marcas. Considerado o maior departamento criativo de moda do mundo, o site entrará em funcionamento no Brasil em pouco mais de 15 dias.

VEJA TAMBÉM:
As etapas do desenvolvimento de coleções de produtos de moda
Conheça os pólos de moda das cidades de Petrópolis, Nova Friburgo, São Paulo e Ceará

Para algumas pessoas este conceito pode ser novidade, mas já é conhecido na internet há algum tempo, principalmente para a produção de softwares, sendo conhecido como o primeiro crowdsourcing criado exclusivamente para moda.

Crowdsourcing é uma nova forma de trabalho que usa do poder colaborativo coletivo em torno de um objetivo comum, construindo banco de dados, melhorando o desempenho e gerando negócios. Ou seja, uma empresa pede ajuda a um grupo de pessoas para resolver um problema, esse grupo irá responder propondo algumas soluções, e aquela opinião escolhida normalmente é premiada com alguma forma de pagamento.

“O sistema funciona da seguinte forma: o usuário se cadastra e monta um perfil, uma espécie de portfólio online, e vai poder participar dos projetos, vai ter acesso aos briefings das empresas que poderão solicitar croquis, desenhos, estampas, de acordo com suas demandas”, comenta Felipe Carvalho, um dos cabeças do projeto.

Após as criações serem enviadas, elas ficam restritas ao sistema e a uma marca para haver uma seleção prévia. Posteriormente, os designers selecionados têm seus projetos abertos à votação pública. Os escolhidos serão premiados e as empresas passam a ter o direito de usar livremente as produções.

Não há custo algum para quem quiser se cadastrar, somente as marcas que pagam por postar seus projetos. Este sistema permite que pessoas do mundo inteiro enviem suas criações de acordo com as referências e briefing propostos pela marca.

Fashionlab, primeiro site no Brasil de criação coletiva de moda. Foto:Divulgação

Fashionlab, primeiro site no Brasil de criação coletiva de moda. Foto:Divulgação

[bloco_link1]


Como exemplo, ao invés de uma empresa que queira desenvolver uma estampa nova para sua coleção recorrer a apenas um profissional de criação, ela decide enviar seu projeto para o site Fashionlab, assim milhares de pessoas poderão participar do processo de desenvolvimento.

Não é necessário ser modelista ou estilista para participar do Fashionlab, pessoas que trabalham em outros seguimentos ou que sejam criativas podem enviar seus projetos, desde que esteja de acordo com o que se pede.

A ideia é proporcionar oportunidades de exposição de trabalho para os profissionais do mercado, a chance perfeita para tirar as idéias da gaveta e mostrar para o mundo. Enquanto não entra no ar, as pessoas podem acompanhar as novidades pelo twitter ou pelo blog do site, através do site www.fashionlab.com.br.
Patrícia da Cruz Aranda
Portais da Moda - Moda

Fashionlab, o primeiro site de criação coletiva de moda

Deixe seu comentário

(Não divulgado)


Informe os numeros:









"As imagens presentes nesta matéria são reproduções de materiais já existentes. Caso tenha algum direito sobre as mesmas, entre em contato conosco para incluir os créditos ou solicitar a retirada."



FIQUE POR DENTRO