Cura para estrias existe?

Veja quais são os tratamentos que prometem melhorar a aparência avermelhada ou esbranquiçada das estrias mais novas e antigas.

Cura para estrias existe?
[foto_direita1]
As estrias são os pesadelos mais comuns entre os homens e as mulheres, o que faz com que muitos procurem tratamentos estéticos para amenizar a aparência avermelhada ou esbranquiçada. Mas existe cura para as estrias? Novos tratamentos médicos e a prevenção em casa ajudam (e muito) na cura das temidas estrias, mas é impossível eliminá-las 100% do corpo. Porém saiba como se medicar e prevenir:

VEJA TAMBÉM:
Métodos de combate e tratamento das estrias
Produtos naturais são alternativa para cuidado com a pele


Estrias Recentes ou avermelhadas:
As estrias com aparência avermelhada são aquelas mais recentes que aparece no corpo. Elas aparecem devido ao estiramento repentino da pele e possuem essa coloração pelo rompimento sanguíneo.
Os tratamentos nesta fase têm melhores resultados já que as células possuem maior capacidade de regeneração.

Tratamentos de Estrias recentes ou avermelhadas:
- Tripolar: Para o tratamento é usado um aparelho de radiofrequência que aquece as células do gordura e estimula a circulação sanguínea. É recomendado de seis a quatro sessões;

- Luz intensa pulsada: Contrai a pele, afinando as estrias e reduzindo os vasos dilatados que dão a aparência avermelhada às estrias. Recomenda-se dez sessões para eliminar praticamente 100% das estrias recentes;

- Cromosystem: Utiliza-se um aparelho de lâmpadas coloridas que possuem ação ati-inflamatória, reduzindo as estrias. É recomendado dez sessões;

- Striat: é um tratamento que utiliza-se uma pequena agulha que emite corrente contínua para provocar um processo inflamatório na pele, fazendo com que o tecido produza mais colágeno. O tratamento é mais recomendado para as estrias dos seios. Recomenda-se dez sessões;

- Peeling Combinados: Peeling de cristal, peeling de ácido retinoico ou o peeling de glicólico, ajudam a produzir mais colágeno, regenerando a pele. É recomendado dez sessões;

- Cromopeel: Se trata de um peeling químico superficial feito através da associação de três ácidos – lático, salicílico e acetato de resorcinol, que descama, afina a pele e produz novas células rapidamente para aumentar a produção de colágeno. É recomendado até 15 sessões.

[foto_table2_2][foto_table3_2]
[foto_table4_2]Tratamento para estrias com Laser CO2 fraccionado. Foto:Divulgação
Tratamento para estrias com Laser CO2 fraccionado. Foto:Divulgação


Cura para estrias existe?. Foto:Divulgação

Cura para estrias existe?. Foto:Divulgação


Estrias antigas ou esbranquiçadas:

As estrias com aparência esbranquiçada e com alto relevo são as mais antigas e possuem esse tom porque os vasos sanguíneos se tornam cada vez mais escassos. Estas estrias são as mais difíceis de remover da pele.

Como tirar estrias branca


Tratamento para as estrias antigas ou esbranquiçadas:

- Carboxiterapia: Tratamento feito através de um aparelho com agulha que injeta gás carbônico na camada mais superficial da pele, a fim de promover a vasodilatação e aumentar a produção de colágeno. É necessário até dozes sessões;

- Transcisão: Para este tratamento também é utilizada uma agulha especial que rompe com a camada média da pele, aumentando a produção de colágeno. Pode ser preciso aplicar anestesia tópica e injetável para diminuir a dor. Recomenda-se de três a quatro sessões;

- Strialees ou grooveless: Tratamento coma agulhas feito a partir de princípios ativos como o polímero da glicose e vitamina C, para estimular a formação de colágeno na área afetado;

- Subscision: É introduzido na região das estrias uma pequena agulha que gira 360 graus, a fim de romper com o tecido. A agressão estimula a formação de novas fibras de colágeno e elastinas, nivelando a depressão da pele;

- Laser de CO2 fraccionado: Tratamento feito com equipamento que dispara feixes de luzque penetram até um milímetro de profundidade na pele, estimulando a produção de colágeno. Recomenda-se cinco sessões;

- Lase Cooltouch: Este tratamento é uma das técnicas mais avançadas e não é abrasivo. É utilizado um laser gelado que age profundamente na pele, estimulando o colágeno a melhorando o aspecto das estrias.


Os preços podem variar de acordo com o tratamento escolhido, a partir de R$ 100,00 até R$ 4.000,00. Para definir o melhor tratamento e achar a cura para as estrias, o médico deve ser consultado e avaliar cada caso.

Lembre-se também de avaliar sua alimentação, beber muito líquidos e aplicar hidratantes para firmar a pele e aumentar a produção de colágeno.

Redação Portais da Moda
Portais da Moda - Dicas de Saúde e Beleza

O meu objetivo nesta matéria é relatar sobre Cura para estrias existe? e tambem tirar suas duvidas, se está a procura de informação ou como encontrar o produto ou telefone de contato de empresas sobre: striat ou carboxiterapia , striort ou carboxiterapia , striat ou carboxiterapia qual o melhor , anestesia para fazer laser em estrias , carboxiterapia ou striort , laser co2 fracionado ou striort , o que é melhor striat ou carboxiterapia , o que é melhor striat ou carboxiterapia para acabar com estrias , qual é o melhor striat ou carboxi , striat ,

Cura para estrias existe?

Deixe seu comentário

(Não divulgado)


Informe os numeros:






  • existe hoje no mercado alguma cirurgia pra eliminar estrias?

    nastassja gomes dos santos

  • fiz microagulhamento. primeira sessão. mas não vi diferença em relação a minhas estrias brancas. tem algo melhor e mais rápido?

    cristiane

"As imagens presentes nesta matéria são reproduções de materiais já existentes. Caso tenha algum direito sobre as mesmas, entre em contato conosco para incluir os créditos ou solicitar a retirada."



FIQUE POR DENTRO