Doença Celíaca

Conheça a doença que leva à intolerância do organismo ao glúten.

Doença Celíaca
A ingestão de glúten pode ser um perigo para certas pessoas. . Foto:Gettyimagem

A ingestão de glúten pode ser um perigo para certas pessoas. . Foto:Gettyimagem

O glúten é uma proteína encontrada no trigo, cevada, centeio e no malte. Como parte dessas especiarias, é comum estar presente em nossa alimentação, através daquilo que ingerimos. Embora o glúten seja algo que para muitas pessoas, passa despercebido na hora de comprar os alimentos, para uma parcela delas é vital que essa substância não esteja presente na alimentação.

Poucos sabem, mas muitas pessoas são intolerantes ao glúten e isso faz que o organismo delas desenvolva uma doença chamada celíaca. É mais comum que ela apareça a partir da infância, entre o primeiro e terceiro ano de vida, mas é possível que se desenvolva em qualquer período da vida. Quando alguém tem a doença celíaca, ao ingerir glúten, seu intestino delgado e suas vilosidades, que ajudam na absorção dos alimentos, são danificados e com isso; as vilosidades, em particular, se atroficam, desencadeando sintomas.

Com o glúten no organismo, o indivíduo acaba apresentando sensações bastante desagradáveis. Os sintomas da doença podem variar de pessoas para pessoa, mas, alguns sinais do organismo são semelhantes. A diarréia crônica (podendo durar mais que 30 dias), prisão de ventre, vômitos, emagrecimento rápido, dor abdominal e demartite hepertiforme (bolhas ou pequenas feridas no corpo) são os sintomas mais comuns da doença celíaca.

[video1208]

Devido aos sintomas parecidos com outras doenças, o diagnóstico da celíaca muitas vezes pode demorar e com isso a pessoa pode passar anos sem saber que tem essa disfunção. Para diagnosticá-la os exames de sangue são muito utilizados, bem como os exames de anticorpos AAT(anti-transglutaminase tecidular) e AAE(anti-endomísio). Apesar de eficientes em muitos casos, esses exames ainda são insuficientes para um diagnóstico preciso. Para confirmar a doença celíaca, a única solução é retirar uma amostra de tecido do intestino delgado, por meio de uma endoscopia com biópsia, e estudar suas mudanças.

Alimentos com glúten devem ser evitados. . Foto:Divulgação

Alimentos com glúten devem ser evitados. . Foto:Divulgação

Após a confirmação da doença celíaca, deve-se começar um tratamento. Para tanto, não se utilizam medicamentos; isso acontece apenas nos casos que ela deriva outras doenças, como a osteoporose. Em geral, o tratamento consiste basicamente em mudar todos os hábitos alimentares, ou seja, o paciente não pode comer nada que contenha glúten e substituir por derivados que não contenham essa proteína, pois qualquer ingestão de glúten, por menor que seja, pode desencadear os sintomas.

Para saber que produtos contém ou não glúten, basta olhar nas embalagens. Hoje isso é possível porque que no ano de 2003, a Lei Federal nº 10674, determinou que todas as empresas que produzem alimentos precisam informar obrigatoriamente nos rótulos se tais produtos contêm ou não substância na composição, auxiliando as pessoas que têm a doença celíaca.

Não é tão difícil tratar a doença celíaca; é tudo uma questão de mudança de hábitos e de fazer adaptações no cardápio. Se a doença celíaca é tratada, pode trazer outros problemas, como anemia e osteoporose, por isso é muito importante começar o tratamento o quanto antes. Apenas alertando as pessoas e prestando atenção ao seu próprio corpo, é possível torna-se a doença celíaca menos assustadora.Heloisa Pereira Oliveira
Equipe de Redação Portais da Moda Departamento de Saúde
Portais da Moda - Dicas de Saúde e Beleza

O meu objetivo nesta matéria é relatar sobre Doença Celíaca e tambem tirar suas duvidas, se está a procura de informação ou como encontrar o produto ou telefone de contato de empresas sobre: diarreia cronica ha mais de 30 dias ,

Doença Celíaca

Deixe seu comentário

(Não divulgado)


Informe os numeros:









"As imagens presentes nesta matéria são reproduções de materiais já existentes. Caso tenha algum direito sobre as mesmas, entre em contato conosco para incluir os créditos ou solicitar a retirada."



FIQUE POR DENTRO