Alimentação na gravidez

Uma boa alimentação nesse período garante saúde tanto à mãe quanto ao bebê.

Alimentação na gravidez
Uma alimentação saudável garante mais saúde à mãe e ao bebê. Foto:Reprodução

Uma alimentação saudável garante mais saúde à mãe e ao bebê. Foto:Reprodução

Muitas mulheres quando engravidam têm dúvidas quanto ao que devem retirar da dieta para se preparar para essa nova fase e dar mais saúde ao bebê. Para especialistas da área o mais importante é pensar em o que se deve adicionar à dieta. Alimentos saudáveis como leite, carnes magras, frutas e vegetais são ótimas opções à alimentação das gestantes, mas como cada mulher é única é preciso que a grávida procure um especialista para que este indique a dieta que se adapta melhor à suas necessidades e às necessidades do bebê.

Pesquisadores constataram que o consumo de peixes com ômega 3, como o atum, o salmão e a sardinha podem colaborar com o desenvolvimento cerebral do feto. A maçã, quando consumida diariamente no período da gestação, protege o bebê de problemas posteriores como a asma, e os alimentos como a couve e o espinafre, fontes de ácido fólico, diminuem o risco de o bebê sofrer má formação. Ainda segundo pesquisadores, uma dieta rica em gordura pode causar mudanças no cérebro do feto, levando-o ao hábito de comer demais e até a obesidade.


Além dos alimentos que devem ser adicionados à dieta, a mulher deve estar atenta ao intervalo da alimentação, comendo a cada 3 horas para que não sofra tonturas ou fraquezas. A ingestão da cafeína deve ser cuidada e a do álcool é absolutamente proibida para as gestantes. Como não se sabe a quantidade que pode ser ingerida sem que faça mal ao feto, muitos especialistas indicam a abstinência completa até o nascimento do bebê.

Uma dieta baseada em gorduras pode levar o bebê à obesidade. Foto:Reprodução

Uma dieta baseada em gorduras pode levar o bebê à obesidade. Foto:Reprodução

[bloco_link1]


Estão abolidas nessa fase também dietas de emagrecimento, a dica é controlar a alimentação e torná-la mais saudável, sem aderir à ideia de que se está comendo por dois. É verdade que na gravidez, com o crescimento do bebê, a mulher precisa de mais energia, mas as calorias ingeridas não devem ultrapassar 10% do que a mãe já consumia anteriormente. O ideal, segundo os especialistas, é engordar até 12 kg na gestação, sendo que ultrapassar esse peso normalmente está ligado a problemas como diabetes gestacional, hipertensão e partos prematuros.

A gravidez é um período mágico para a mulher que espera ansiosamente para ter seu filho em seus braços. Essa ansiedade pode fazer com que você coma mais, por isso é muito importante um acompanhamento especializado nesse período. Consulte uma nutricionista e siga uma dieta saudável para cuidar do seu filho desde o começo da gestação, para que ele ou ela nasça muito mais saudável.

A saúde do seu bebê está em suas mãos. Foto:Reprodução

A saúde do seu bebê está em suas mãos. Foto:Reprodução





Débora Russi Frasquete
Redação

O meu objetivo nesta matéria é relatar sobre Alimentação na gravidez e tambem tirar suas duvidas, se está a procura de informação ou como encontrar o produto ou telefone de contato de empresas sobre: qual o intervalo de alimentaçao da gestante ,

Alimentação na gravidez

Deixe seu comentário

(Não divulgado)


Informe os numeros:






"As imagens presentes nesta matéria são reproduções de materiais já existentes. Caso tenha algum direito sobre as mesmas, entre em contato conosco para incluir os créditos ou solicitar a retirada."



FIQUE POR DENTRO