Dicas de exercícios na Gravidez

Atividades físicas na gestação geram benefícios para a mãe e para o bebê

Dicas de exercícios na Gravidez
Já foi o tempo em que as gestantes ficavam em casa tricotando, esperando a chegada do bebê. As futuras mamães modernas podem e devem praticar exercícios físicos, porque fazem bem para o corpo e para alma, e também são benéficos para o bebê.

Os exercícios dirante a gestação são benéficos para a mãe e para o bebê. Foto:Reprodução

Os exercícios dirante a gestação são benéficos para a mãe e para o bebê. Foto:Reprodução

[bloco_link1]


O exercício ajuda a reduzir os sintomas típicos relacionados à gravidez, como o cansaço, inchaços, dores lombares e constipação. Além disso, diminui as complicações obstétricas, melhora o condicionamento físico da mulher, ajuda no controle do peso, atua no estado psicológico e social e diminui a depressão e o stress. As atividades físicas podem ainda ter reflexos na recuperação pós-parto.

A Dra. Fabiane Sabbag, médica ginecologista e obstetra, afirma que os exercícios são muito importantes no período de gravidez, mas é recomendável tomar alguns cuidados. É essencial usar roupas leves, evitar temperaturas muito altas e beber bastante água, para hidratar.

Os exercícios aquáticos são os mais recomendados durante a gravidez. Foto:Reprodução

Os exercícios aquáticos são os mais recomendados durante a gravidez. Foto:Reprodução


É claro que durante a gravidez não se deve começar um programa rigoroso de exercícios. O ideal é optar por atividades de baixo impacto, sempre buscando a opinião do médico. As melhores atividades são aquelas praticadas na água, como natação e hidroginástica, pois evitam forças gravitacionais, melhora as dores lombares e o inchaço. A ioga também é uma ótima opção para tonificar os músculos e aumentar a flexibilidade.

Para escolher os tipos de exercícios e a intensidade dos mesmos, a gestante deve ter a deliberação do médico e a supervisão de um profissional da área, pois as atividades dependem do período de gestação. Quem nunca praticou exercícios deve iniciar com atividades de baixo risco, como natação, hidroginástica leve ou caminhadas. As pessoas que já têm o hábito de praticar atividades físicas podem continuar com o programa habitual, modificando apenas a intensidade e a velocidade dos exercícios, à medida que a gravidez evolui.

O ideal é procurar práticas mais leves, sem impacto. Foto:Reprodução

O ideal é procurar práticas mais leves, sem impacto. Foto:Reprodução



Em alguns casos, esta prática pode ser contra-indicada, principalmente quando se trata de mulheres com doenças cardíacas, trabalho de parto prematuro, gravidez múltipla, feto com crescimento inadequado, entre outras coisas. Por esse motivo, a deliberação do médico é indispensável.

Dicas de exercícios na Gravidez

Deixe seu comentário

(Não divulgado)


Informe os numeros:









"As imagens presentes nesta matéria são reproduções de materiais já existentes. Caso tenha algum direito sobre as mesmas, entre em contato conosco para incluir os créditos ou solicitar a retirada."



FIQUE POR DENTRO