A ascensão da alfaiataria descolada.

Com influência no estilo dos mods dos anos 60, a alfaiataria atual ganha cada vez mais adeptos.

A ascensão da alfaiataria descolada.
Em muitos desfiles masculinos de coleções do inverno de 2009 foi notada a presença de homens mais varonis, os quais chamam atenção pela personalidade aparente tanto no visual quanto em seus comportamentos. Transmitindo maior segurança e originalidade, o estilo em questão tem sua referência em uma subcultura original britânica: os mods.

Influência dos mods nas passarelas. Foto:Divulgação
Influência dos mods nas passarelas. Foto:Divulgação
Influência dos mods nas passarelas. Foto:Divulgação
Influência dos mods nas passarelas. Foto:Divulgação


Os mods (abreviação do termo Modernismo) eram jovens do final da década de 50, ou início dos anos 60, geralmente de classe média, os quais se relacionavam de algum modo com o comércio de tecidos de Londres. Sua principal característica era a obsessão que tinham por tendências de moda e música.

Da combinação dessas duas paixões, esses jovens cultuavam uma silhueta que pode ser descrita pela expressão “less is more” (menos é mais), a qual prezava por ternos e coletes de cortes perfeitos. A prioridade era, então, demonstrar seus refinados gostos por meio daquilo que vestiam.

"The mods" jovens da década de 60 que prezavam pelo refinamento. Foto:Divulgação

"The mods" jovens da década de 60 que prezavam pelo refinamento. Foto:Divulgação

[bloco_link1]


Hoje, a influência dessa cultura vem crescendo tanto nas passarelas quanto nas ruas. Exemplo disso pode ser notado no comportamento de celebridades do mundo musical como Justin Timberlake, a banda The Killers e, principalmente, no trio mais famoso do momento os Jonas Brothers.

Jonas Brothers aderem à alfaiataria modernizada também em visuais mais descontraídos. Foto:Divulgação
Jonas Brothers aderem à alfaiataria modernizada também em visuais mais descontraídos. Foto:Divulgação
O famoso trio mais estiloso do momento. Foto:Divulgação
O famoso trio mais estiloso do momento. Foto:Divulgação


O principal indício dessa influência é a atual ascensão da alfaiataria entre os jovens. Apesar de aparecer cada vez mais reconstruída, ela mantém certos padrões que a compunham nas décadas de seu auge, como é o caso da combinação “tradicional mod”: paletós de dois ou três botões, calças de comprimento exato, quando não um pouco acima da canela para destacar os calçados; gravatas finas, camisas, ternos ou jaquetas curtas, sendo que todos os itens mostram o caimento ideal sobre o corpo dos rapazes.

As diferenças que esses artistas empregam nesse visual tornam-no mais jovem, atual e descolado; fatores que contribuem para a popularização da alfaiataria para um público mais novo. Grande parte do sucesso que esta vestimenta tem feito está relacionada com aqueles que, primeiramente, a divulgaram: ídolos musicais das bandas mais cultuadas por pessoas “cools” ou alternativas, como por exemplo, os rapazes do The Strokes.

Banda The Strokes foi uma das primeiras a divulgar o estilo mod à juventude atual. Foto:Divulgação

Banda The Strokes foi uma das primeiras a divulgar o estilo mod à juventude atual. Foto:Divulgação



Deixando para trás os homens mais arrumadinhos, aqueles que são adeptos dessa vertente se destacam e são caracterizados essencialmente como homens de muito estilo; atributo que toda mulher mais ligada à moda adora; ainda mais às que gostam de um som alternativo ou são fãs do seriado Gossip Girl, o qual também colabora com a popularização do look mod por meio do figurino de seus personagens.

Chuck Bass, personagem do seriado Gossip Girl aparece sempre bem alinhado em trajes perfeitos da alfaiataria moderna. Foto:Divulgação

Chuck Bass, personagem do seriado Gossip Girl aparece sempre bem alinhado em trajes perfeitos da alfaiataria moderna. Foto:Divulgação



Assim, com pelo menos ternos ajustados ao corpo, gravatas e cabelos arrumados, todo homem moderno consegue aderir ao visual que vem atraindo os olhares de famosos, mulheres e fashionistas; acolhendo às principais tendências do mundo cool aliadas a um refinamento moderno da alfaiataria masculina com um caráter sensual que essa combinação agrega ao seu usuário.

Para aqueles que já são adeptos do forte estilo remetente aos “mods” ou para os que se interessaram e passarão a adotar, uma dica é conhecer a marca Spirito Santo, a qual trabalha muito bem com roupas de identidade única e marcante, como as que vestem os integrantes da banda gaúcha Cachorro Grande, reconhecidos pelo ótimo rock que produzem e pelo visual à lá 60’s que apresentam.

Os rapazes da banda brasileira Cachorro Grande que são, frequentemente, vestidos pela marca Spirito Santo. Foto:Divulgação

Os rapazes da banda brasileira Cachorro Grande que são, frequentemente, vestidos pela marca Spirito Santo. Foto:Divulgação

O meu objetivo nesta matéria é relatar sobre A ascensão da alfaiataria descolada. e tambem tirar suas duvidas, se está a procura de informação ou como encontrar o produto ou telefone de contato de empresas sobre: calça alfaiataria descolada ,

A ascensão da alfaiataria descolada.

Deixe seu comentário

(Não divulgado)


Informe os numeros:









"As imagens presentes nesta matéria são reproduções de materiais já existentes. Caso tenha algum direito sobre as mesmas, entre em contato conosco para incluir os créditos ou solicitar a retirada."



FIQUE POR DENTRO