História da Calça Feminina

Num belo dia de 1911, uma jovem caminhou veloz e assustadamente pela rua Direita.

História da Calça Feminina
Pela primeira vez, as calças compridas femininas passeavam por São Paulo. Não bem calças compridas como as entendemos hoje, mas numa versão dissimulada chamada de "jupe-culote", larga em cima, ajustando-se um pouco a partir do joelho.

Foi um avanço lento. Para ajustar-se mais demorou um tempo, para generalizar-se também. Até o começo dos anos 6O não era muito comum. Foram comprimindo cada vez mais o corpo e se dizia: "Deus é justo, mas suas calças heim..." Surgem os tecidos sintéticos depois da Segunda Guerra, mas as mulheres vão usá-los em calças só bem mais tarde.

Calça Feminina. Foto:Divulgação

Calça Feminina. Foto:Divulgação



Em 62, a moda Saint Tropez aparece. Calças compridas com cinturas baixas conjugadas com mini-blusas. As mini-blusas só vão começar a pegar, porém, no final da década.

No final dos anos 70,o "boom" do jeans. Em 1981, a indústria brasileira do jeans faturou 8 bilhões de dólares. Mas aí, a calça-comprida já virara há muito uma moda unissex.

O meu objetivo nesta matéria é relatar sobre História da Calça Feminina e tambem tirar suas duvidas, se está a procura de informação ou como encontrar o produto ou telefone de contato de empresas sobre: história da calça feminina , calças culote historia , a origem da calça , historia calças femininas , historia da calça , historia da calça comprida feminina , origem da calça , origem da calça comprida , origem da calça feminina , qual a origem da calsa comprida feminina ,

História da Calça Feminina

Deixe seu comentário

(Não divulgado)


Informe os numeros:









"As imagens presentes nesta matéria são reproduções de materiais já existentes. Caso tenha algum direito sobre as mesmas, entre em contato conosco para incluir os créditos ou solicitar a retirada."



FIQUE POR DENTRO