Stella Mccartney

Filha do Beatle Paul McCartney e de Linda Eastman. Aos 15 anos, começou a trabalhar com o estilista Christian Lacroix - o ano era 1987, ele abria sua Maison, e lançava sua primeira coleção de alta costura. A seguir, transferiu seu estágio para Savile Row, famosa rua londrina pelas suas alfaiatarias de qualidade reconhecida em todo o mundo. Assim começou a estudar moda no Central St Martins College of Art & Design, em Londres.

Ao formar-se, em 1995, pesou o estigma de ser filha de quem é: em seu desfile de graduação, estavam na primeira fila da platéia Paul McCartney e Linda Eastman, e na passarela as modelos Naomi Campbell e Kate Moss. A apresentação foi notícia no mundo todo, porém seu talento era questionado nas entrelinhas. Mas a coleção foi comprada por uma loja, e no mesmo ano ela lançou sua própria marca. Dois anos depois assumia um posto de indiscutível prestígio: tornava-se a substituta do estilista Karl Lagerfel na marca Chloé.
Houve quem acreditasse que sua contratação não passava de um belo golpe publicitário do Grupo Vendôme, dono da Chloé. Mas a primeira coleção que assinou para a marca finalmente dissipou todas as dúvidas: Stella foi saudada com elogios por toda a imprensa especializada, pelas suas roupas sensuais, românticas, muito inventivas e executadas com perfeição. Na coleção seguinte, além de tudo isso, ela provou que podia gerar bons lucros para a Chloé.
Mais tarde a Gucci ofereceu uma proposta irrecusável: lançar a grife Stella McCarney no mundo todo, no segmento de moda de luxo, com a garantia de que todas as decisões seriam suas. A marca Chloé ficou sob a direção de sua principal colaboradora, Phoebe Philo, e ela começou sua carreiro solo.
Com um vestido desenhado por ela mesma, Stella McCartney casou-se no final de 2002 com Alasdhair Willis, editor da revista Wallpaper, com quem tem um filho. Foi sua criação, também o vestido com que a cantora Madonna - a quem chama carinhosamente de Melly - casou-se com o diretor de cinema Guy Ritchie.
FIQUE POR DENTRO