Marc Jacobs

Norte-americano nascido em Nova York responde por uma das grifes mais famosas de todo o mundo, a centenária Louis Vuitton, responsável, também, por sua revitalização, fazendo com que seus produtos sejam desejados tanto por anônimos como por celebridades.
Cursou a High School of Art and Design e depois a prestigiada Parsons School of Design.

Tinha o hábito de desenhar suéteres, e quando apresentou sua tese na Parsons, desenhou três modelos oversized, para serem usados assim mesmo, em tamanho muito maior do que o necessário. Uma compradora de moda da marca Charivari gostou, e decidiu produzir uma edição limitada dos mesmos. E aí começou tudo.
Com esses enormes suéteres, Jacobs dava o passo inicial para a criação do chamado estilo grunge, gíria que é sinônimo de sujeira, mas que na moda definiu certo desleixo proposital com formas, proporções, cores, em misturas que fizeram enorme sucesso no mundo todo, especialmente nos anos 90.
Era 1984, Marc Jacobs conheceu Robert Duffy, que também trabalhava com moda, e que viria a ser seu parceiro de negócios - juntos criaram a Jacobs Duffi Designs.

Nesse mesmo ano, Marc Jacobs desenhou uma coleção para a empresa Reuben Thomas, sob a marca Sketchboock. Em 1986 lança a primeira coleção com seu nome.
Em 1989, Jacobs e Duffy integram-se à marca Perry Ellis - Duffy torna-se seu presidente, e Jacobs vice-presidente, com a incumbência de criar sua moda feminina. Em 1993, ao levar seu estilo grunge para as passarelas da Perry Ellis, sofreu críticas impiedosas. A marca decidiu suspender seu contrato, e então, com seu sócio, resolveu criar a empresa Marc Jacobs International Company.
Os negócios expandem-se, a partir daí. Em 1994, a dupla assina seu primeiro contrato de licença com uma empresa japonesa, em 1995 uma segunda coleção de prêt-à-porter feminino foi criada com o nome de Marc Jacobs Look, e passa a ser distribuída no mundo todo, e em 1996, Jacobs cria sua primeira coleção masculina. Em 1997, afinal, ele chega à Louis Vuitton, como diretor artístico da grife, e começa uma verdadeira revolução.

Sob seu comando, a grife ganhou uma modernidade que foi instantaneamente aprovada pelos consumidores. De roupas a acessórios e até à concepção das vitrines das lojas Louis Vuitton, o controle de Marc Jacobs é total.
FIQUE POR DENTRO