Métodos menos agressivos para modelar o corpo

                                   

Descubra maneiras menos invasivas de se ter o corpo dos sonhos

Métodos menos agressivos para modelar o corpo
Redução de medidas. Foto:Divulgação

Redução de medidas. Foto:Divulgação

Ter um corpo curvilíneo e escultural é um sonho muitas mulheres que lutam por esse objetivo. Depois de cuidados com a alimentação e muita atividade física para reduzir o peso, infelizmente ainda sobram aquelas gordurinhas localizadas que nem os treinos mais apurados de musculação parecem dar fim.

Nessa situação, a lipoaspiração parece uma solução viável, mas a ideia de passar por uma cirurgia invasiva desencoraja quem teme encarar uma anestesia geral e um processo de recuperação prolongado e doloroso.

No entanto, como a medicina segue em constante evolução, hoje, os cirurgiões plásticos contam com técnicas mais avançadas para a remoção da gordura localizada, e uma delas é a hidrolipo, que pode ser realizada com anestesia local enquanto o paciente permanece acordado.

Hidrolipo para redução de gordura. Foto:Divulgação

Hidrolipo para redução de gordura. Foto:Divulgação



A hidrolipo, também conhecida como lipo tumescente, é indicada para a remoção de pequenas quantidades de gordura localizada, para quem já está bem próximo do peso ideal e deseja se livrar daquelas gordurinhas incômodas e difíceis de serem eliminadas com exercícios físicos.

A técnica da hidrolipo pode ser feita em quase todas as regiões do corpo, assim como a lipo normal. O procedimento é feito com um vibrolipoaspirador e micro cânulas, menores do que as usadas na lipoaspiração convencional. Enquanto o aparelho vibra, a gordura se solta com maior facilidade e é aspirada sem a necessidade do vai e vem da cânula, causando menos lesões e sangramentos no tecido.

Outra revolução desta técnica é a injeção de soro fisiológico e adrenalina na região aspirada. A adrenalina é uma substância que diminui os sangramentos e ajuda o cirurgião a ter maior controle para não deixar os vazios ou “buracos” sob a pele do paciente.

Esses avanços permitem que a hidrolipo seja realizada apenas com o uso da anestesia local e, além disso, exige um período de recuperação menor para o pós-operatório. O procedimento costuma ser tranquilo e seguro, tanto que o paciente não necessita de internação e volta para casa no mesmo dia.

Enquanto a lipoaspiração comum demanda aproximadamente uma semana de repouso, a hidrolipo necessita, em média, de um ou dois dias. A recuperação acelerada também pode ser notada no desaparecimento mais rápido dos hematomas cirúrgicos, que costumam sumir em aproximadamente seis dias, bem antes do que ocorre na lipoaspiração comum.

Graças a essa nova técnica, mais pessoas podem ter o corpo com que sempre sonharam sem passar por uma experiência traumática e dolorosa.

Métodos menos agressivos para modelar o corpo

Deixe seu comentário

(Não divulgado)


Informe os numeros:





"As imagens presentes nesta matéria são reproduções de materiais já existentes. Caso tenha algum direito sobre as mesmas, entre em contato conosco para incluir os créditos ou solicitar a retirada."

FIQUE POR DENTRO

SHOPPING
moda
z