Desfile Alexander McQueen Semana de Moda Masculina de Milão Primavera Verão 2011 2012

                                   

Grife faz o seu primeiro desfile de moda masculina sem o seu fundador.

Desfile Alexander McQueen Semana de Moda Masculina de Milão Primavera Verão 2011 2012
Alfaiataria é foco da coleção primavera verão 2011 2012 de Alexander McQueen. Foto:WWD

Alfaiataria é foco da coleção primavera verão 2011 2012 de Alexander McQueen. Foto:WWD

Passados quatro meses da morte de Alexander McQueen, a marca apresenta a sua primeira coleção de moda masculina na Semana de Moda de Milão Primavera Verão 2011 2012 sem o seu fundador. Até pouco tempo atrás, parecia inconcebível a idéia de que ela pudesse sobreviver após a sua morte, contudo, apesar de uma apresentação imersa numa atmosfera de luto, o que se viu foi à instauração de um novo tempo para a Maison, agora com Sarah Burton , segunda no comando da McQueen e a pessoa que sabia como ninguém como ele pensava e trabalhava, como diretora criativa. O que ficou evidente foi a forma sutil e uniforme pela qual a estética Maison vem se reformulando. Dessa forma, Burton evitou qualquer criação de maior impacto e realiza um desfile compacto.

Em uma espécie de “In Memorian”, a equipe de design da grife revisitou as características fundamentais dos desfiles mais inesquecíveis do seu falecido fundador, como as vestes da coleção “Vampírica” a de inspiração na realeza britânica, bem como a alfaiataria precisa. Tais referências traduziram-se em um looks com forte sotaque inglês, militarismo, estética aristocrática e seriedade expressa em peças inspiradas nas vestes costumeiramente usadas pelos homens de negócios da Savile Row, uma rua comercial do centro de Londres.


Coleção primavera verão 2011 2012 de Alexander McQueen. Foto:WWD
Coleção primavera verão 2011 2012 de Alexander McQueen. Foto:WWD
Alfaiataria e trench coats na coleção primavera verão 2011 2012 de Alexander McQueen. Foto:WWD
Alfaiataria e trench coats na coleção primavera verão 2011 2012 de Alexander McQueen. Foto:WWD
Jaquetas acinturadas acompanham calças skinny na coleção de Alexander McQueen. Foto:WWD
Jaquetas acinturadas acompanham calças skinny na coleção de Alexander McQueen. Foto:WWD
Blusas em cashemere na coleção masculina primavera verão 2011 2012 de Alexander McQueen. Foto:WWD
Blusas em cashemere na coleção masculina primavera verão 2011 2012 de Alexander McQueen. Foto:WWD
Estampas e Blazer masculino com dip dye na coleção Primavera Verão 2011 2012 de Alexander McQueen. Foto:WWD
Estampas e Blazer masculino com dip dye na coleção Primavera Verão 2011 2012 de Alexander McQueen. Foto:WWD
Moda masculina Alexander McQueen primavera verão 2011 2012. Foto:WWD
Moda masculina Alexander McQueen primavera verão 2011 2012. Foto:WWD
Tons de vermelho pontuam coleção masculina de Alexander McQueen. . Foto:WWD
Tons de vermelho pontuam coleção masculina de Alexander McQueen. . Foto:WWD
Coleção de moda masculina primavera verão 2011 2012 de Alexander McQueen. Foto:WWD
Coleção de moda masculina primavera verão 2011 2012 de Alexander McQueen. Foto:WWD
Cores neutras no verão 2011 2012 de Alexander McQueen. Foto:WWD
Cores neutras no verão 2011 2012 de Alexander McQueen. Foto:WWD
Looks de alfaiataria com inspirados na estética “Regencial” aparecem na coleção de Alexander McQueen. Foto:WWD
Looks de alfaiataria com inspirados na estética “Regencial” aparecem na coleção de Alexander McQueen. Foto:WWD


Novas silhuetas puderam ser vistas, especialmente em calças de fit justo, em formato skinny; outras, por sua vez vieram com o quadril mais largo e afunilando em direção aos tornozelos. Bolsos cargo também apareceram, enquanto que algumas jaquetas de alfaiataria apareceram com cortes em ângulo que se estendiam a linha das calças, lado a lado com trench coats e blazers com tingimento em dip dye e manchados.

Apesar do tema da coleção ser “Pompa e circunstância”, os looks foram tão discretos como o seu modo de apresentação. Houve sim certa pompa em alguns looks de cinturas suprimidas e golas altas com um estilo Regencial, ou nas jaquetas em estilo fraque e calças listradas. E a teatralidade, outra importante marca da Maison McQueen, certamente ficou evidente em um casaco de brocado em vermelho e ouro, ou o casaco desconstruído em veludo vermelho, com calças largas em seda de estampa étnica. Mas prevaleceram as peças de estética mais singela em cashmere e linho, com modelagem desconstruída.
Na cartela de cores, os tons neutros - preto, branco e cinza - surgiram em grande parte das composições, salvo o vermelho vivo e o empoeirado que pontuaram as entradas. Enquanto isso, o estampando apareceu em uma única peça.

Assim, em uma espécie de “reflexão” do patrimônio deixado por McQueen, a grife sinaliza que os traços de seu fundador serão mantidos. E mais, essa nova coleção trouxe a interação entre essas peculiaridades do estilista e as características de Burton, aquela que tem a responsabilidade de prosseguir com esse importante legado deixado para a moda britânica e por que não, para todos os designers que se inspiram nele.

Danusa Spricigo Pasqual
Redação

O meu objetivo nesta matéria é relatar sobre Desfile Alexander McQueen Semana de Moda Masculina de Milão Primavera Verão 2011 2012 e tambem tirar suas duvidas, se está a procura de informação ou como encontrar o produto ou telefone de contato de empresas sobre: primavera verão 2011 alexander mcqueen , desfiles do maquim , alexander mcqueen masculino verão 2011 ,

Desfile Alexander McQueen Semana de Moda Masculina de Milão Primavera Verão 2011 2012

Deixe seu comentário

(Não divulgado)


Informe os numeros:





"As imagens presentes nesta matéria são reproduções de materiais já existentes. Caso tenha algum direito sobre as mesmas, entre em contato conosco para incluir os créditos ou solicitar a retirada."

FIQUE POR DENTRO

SHOPPING
moda
z