Último Dia de Desfiles do Dragão Fashion Brasil 2010

                                   

Confira as coleções das grifes e estilistas que se apresentaram no último dia do evento.

Último Dia de Desfiles do Dragão Fashion Brasil 2010
O Dragão Fashion Brasil 2010 chegou ao último dia de desfiles trazendo importantes nomes da moda brasileira - tanto renomados quanto promissores - e as tendências do inverno 2010 para aquecer Fortaleza. Confira agora as marcas e estilistas que apresentaram suas coleções nas passarelas cearenses no dia 28/04!

Desfile Melk Z Da no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Roberta Braga

Desfile Melk Z Da no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Roberta Braga


Desfile Melk Z Da no Dragão Fashion Brasil 2010:

A primeira grife a se apresentar no quarto dia de desfiles no Dragão Fashion foi a Melk Z Da. A coleção inverno 2010 da marca visitou o universo rústico da carpintaria, usando como inspiração a madeira, cestos de palha, pregos e portas antigas.

Melk Z Da Inverno 2010 no Dragão Fashion Brasil. Foto:Roberta Braga
Melk Z Da Inverno 2010 no Dragão Fashion Brasil. Foto:Roberta Braga
Look Melk Z Da no desfile do Dragão Fashion 2010. Foto:Roberta Braga
Look Melk Z Da no desfile do Dragão Fashion 2010. Foto:Roberta Braga


O ponto de partida, que orientou todo o processo de criação da coleção, foi um mostruário de madeira, que definiu as texturas e a cartela de cores utilizadas no inverno da marca. A modelagem das peças possuía recortes precisos e geométricos, contrapondo-se a outras formas, mais orgânicas.

Desfile Melk Z Da no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Roberta Braga
Desfile Melk Z Da no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Roberta Braga
Melk Z Da Inverno 2010 no Dragão Fashion Brasil. Foto:Roberta Braga
Melk Z Da Inverno 2010 no Dragão Fashion Brasil. Foto:Roberta Braga


A antiga camisa de carpinteiro foi usada como base para desenvolver peças como vestidos e casacos. Os comprimentos definitivamente são os curtos, e a marca ainda trouxe peças com volumes localizados, formados por babados dispostos de diversas formas. O aspecto étnico se misturou a texturas aconchegantes e invernais.

Os materiais naturais, como as sedas, se misturaram aos tecidos tecnológicos. O aspecto artesanal ganhou mais charme e glamour com o brilho dos paetês feitos em folhas de madeira refinada. Na cartela de cores, diferentes nuances de marrom, além de azul, palha e laranja.


Desfile Dona Florinda no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Roberta Braga

Desfile Dona Florinda no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Roberta Braga


Desfile Dona Florinda no Dragão Fashion Brasil 2010

Em seguida a marca Dona Florinda subiu na passarela para mostrar toda a atitude rock e o glamour do seu inverno 2010. Jovem e moderna, a coleção trouxe comprimentos curtinhos e muitas texturas.

Dona Florinda Inverno 2010 no Dragão Fashion Brasil. Foto:Roberta Braga
Dona Florinda Inverno 2010 no Dragão Fashion Brasil. Foto:Roberta Braga
Look Dona Florinda no desfile do Dragão Fashion 2010. Foto:Roberta Braga
Look Dona Florinda no desfile do Dragão Fashion 2010. Foto:Roberta Braga


As malhas se tornaram à base da coleção; em diferentes composições, vieram na confecção de camisetas, vestidos e saias. O plush leve e macio serviu como matéria-prima dos casacos. As modelagens justas das saias e vestidos contrastavam com a forma mais ampla dos tops em geral. Detalhes como aplicações de tachas e metais reforçam o espírito do rock.

Desfile Dona Florinda no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Roberta Braga
Desfile Dona Florinda no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Roberta Braga
Dona Florinda Inverno 2010 no Dragão Fashion Brasil. Foto:Roberta Braga
Dona Florinda Inverno 2010 no Dragão Fashion Brasil. Foto:Roberta Braga


O jeans em lavagens escuras predominaram, mas algumas peças apareceram com desgastes localizados e mais discretos. Skinnies permanecem na temporada, mas as novas modelagens de calça também ganham espaço, como as antifits, bootcuts e as jeggings – ainda mais justas que a skinny. Saias de cintura marcada ainda não nos deixam no inverno 2010.

Na cartela de cores o preto dividiu espaço com verdes, azuis, roxos, vermelhos, amarelos e laranjas. Os tons pastéis neutros, como nude, camelo e off-white também apareceram.


Desfile Ronaldo Silvestre no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Thiago Drigues

Desfile Ronaldo Silvestre no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Thiago Drigues


Desfile Ronaldo Silvestre no Dragão Fashion Brasil 2010

Então foi a vez do estilista Ronaldo Silvestre apresentar sua coleção inspirada na história de Mata Hari, uma bailarina mítica, espiã na Primeira Guerra Mundial.

Ronaldo Silvestre Inverno 2010 no Dragão Fashion Brasil. Foto:Thiago Drigues
Ronaldo Silvestre Inverno 2010 no Dragão Fashion Brasil. Foto:Thiago Drigues
Look Ronaldo Silvestre no desfile do Dragão Fashion 2010. Foto:Thiago Drigues
Look Ronaldo Silvestre no desfile do Dragão Fashion 2010. Foto:Thiago Drigues


Na passarela, tecidos fluidos, representando a dança, se contrastavam com materiais mais rígidos e estruturados, que faziam referência ao militarismo por meio dos trench coats que destacavam os ombros.

Ronaldo Silvestre Inverno 2010 no Dragão Fashion Brasil. Foto:Thiago Drigues
Ronaldo Silvestre Inverno 2010 no Dragão Fashion Brasil. Foto:Thiago Drigues
Desfile Ronaldo Silvestre no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Thiago Drigues
Desfile Ronaldo Silvestre no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Thiago Drigues


Os comprimentos não se aproximavam dos curtíssimos; ficavam entre o centro das coxas e os joelhos. A silhueta variou entre uma mais reta e rígida, proporcionada pelos tecidos mais pesados, e outra, mais ampla e fluida, com cinturas marcadas valorizando a feminilidade.

Na cartela de cores, o preto se manteve soberano, mas dividiu espaço com marrom canela, turquesa, vermelho, roxo, amarelo, verde militar e mel.


Desfile Gustavo Silvestre no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Roberta Braga

Desfile Gustavo Silvestre no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Roberta Braga


Desfile Gustavo Silvestre no Dragão Fashion Brasil 2010

Gustavo Silvestre foi o próximo a apresentar sua coleção de inverno, que veio baseada em trabalhos manuais de ótima qualidade. Peças com bordados e outros detalhes artesanais prometem manter-se no inverno 2010.

Look Gustavo Silvestre no desfile do Dragão Fashion 2010. Foto:Roberta Braga
Look Gustavo Silvestre no desfile do Dragão Fashion 2010. Foto:Roberta Braga
Desfile Gustavo Silvestre no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Roberta Braga
Desfile Gustavo Silvestre no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Roberta Braga


Os comprimentos do inverno para estilista são acima dos joelhos, mas não extremamente curtos; a silhueta contava com volumes discretos e aconchegantes. Destaque para o trabalho feito com o chenile e o ponto russo.

Look Gustavo Silvestre no desfile do Dragão Fashion 2010. Foto:Roberta Braga
Look Gustavo Silvestre no desfile do Dragão Fashion 2010. Foto:Roberta Braga
Desfile Gustavo Silvestre no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Roberta Braga
Desfile Gustavo Silvestre no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Roberta Braga


Desenhos e padronagens traziam algo de étnico para a coleção, bem como a cartela de cores. Nuances neutras, como preto e bege, ganharam energia com a presença de vermelhos, laranjas e azuis.






Look Lino Villaventura no desfile do Dragão Fashion 2010. Foto:Thiago Drigues

Look Lino Villaventura no desfile do Dragão Fashion 2010. Foto:Thiago Drigues

Desfile Lino Villaventura no Dragão Fashion Brasil 2010

Para fechar o dia e o evento com chave de ouro, Lino Villaventura trouxe o desfile mais aguardado do Dragão Fashion 2010.

Look Lino Villaventura no desfile do Dragão Fashion 2010. Foto:Thiago Drigues
Look Lino Villaventura no desfile do Dragão Fashion 2010. Foto:Thiago Drigues
Desfile Lino Villaventura no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Thiago Drigues
Desfile Lino Villaventura no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Thiago Drigues


Como de costume, o estilista levou à passarela uma coleção super sofisticada com uma incrível dramaticidade, misturando o clássico e o futurista. Peças de formas estruturadas e volumosas dividiram espaço com outras, mais ajustadas ou mesmo fluidas.

Desfile Lino Villaventura no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Thiago Drigues
Desfile Lino Villaventura no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Thiago Drigues
Desfile Lino Villaventura no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Thiago Drigues
Desfile Lino Villaventura no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Thiago Drigues


A coleção, desenvolvida especialmente para o desfile no evento, trazia muitos brocados, bordados refinados, pedrarias e detalhes preciosos no bloco feminino. Na parte masculina, Lino trouxe uma alfaiataria de silhueta bastante contemporânea, mas ainda assim, com uma imagem clássica e tradicional.

Desfile Lino Villaventura no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Thiago Drigues
Desfile Lino Villaventura no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Thiago Drigues
Desfile Lino Villaventura no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Thiago Drigues
Desfile Lino Villaventura no Dragão Fashion Brasil 2010. Foto:Thiago Drigues


O mix de texturas era ousado e instigante. Na cartela de cores, os tons eram definitivamente mais sóbrios. Preto e tons de marrom se uniam a vermelhos mais fechados e bordos. Cores mais claras, como branco e nude não ficaram de fora.

No seu primeiro desfile no Dragão Fashion Brasil, Lino Villaventura não decepcionou e encheu os olhos do público, encerrando o último dia de desfiles do evento.

Manuela Casali Cordeiro


Equipe de Redação Portais da Moda Departamento de Moda
Portais da Moda - Eventos

Último Dia de Desfiles do Dragão Fashion Brasil 2010

Deixe seu comentário

(Não divulgado)


Informe os numeros:





"As imagens presentes nesta matéria são reproduções de materiais já existentes. Caso tenha algum direito sobre as mesmas, entre em contato conosco para incluir os créditos ou solicitar a retirada."

Fique por dentro


Fique por dentro

Receba dicas de moda,saude e beleza