Técnica de Microfisioterapia ajuda a equilibrar e aumentar a vitalidade do corpo

Criada pelos franceses Daniel Grosjean e Patrice Bénini na década de 80, a técnica tem sido aplicada no Brasil há 6 anos

Técnica de Microfisioterapia ajuda a equilibrar e aumentar a vitalidade do corpo
A Microfisioterapia é uma técnica de fisioterapia manual que consiste em identificar a causa primária de uma doença ou sintoma e estimular algumas zonas por meio de micropalpações manuais específicas, possibilitando o início da autocorreção do organismo e eliminação dos chamados “agressores” – tóxicos, traumas musculares e emocionais. Embasada na embriologia e na filogênese, a Microfisioterapia é aplicada na esfera muscular e age na “memorização” deixada em vários tecidos do organismo.

“Através da micropalpação, o fisioterapeuta procura no corpo onde as memórias se instalaram e provocaram sintomas. Uma vez encontrados tais traços, realiza-se manualmente atos que simulem a ‘agressão’ e estimulem os mecanismos de autocorreção para o restabelecer as funções do organismo, eliminando assim doenças e promovendo a saúde. E além de promover melhora no funcionamento do organismo, também age como uma terapia complementar”, explica Afonso Salgado, fisioterapeuta, Mestre pela Unesp, Doutorando pela UniCastelo – SP em engenharia Biomédica e responsável por trazer a técnica para o Brasil.

Depois de conversar e ouvir suas queixas, a sensação procurada no paciente é a perda de ritmo vital. Ou seja, para perceber os “micromovimentos”, o fisioterapeuta vai palpar com um movimento de aproximação das mãos em diferentes zonas do corpo, a fim de verificar se os ritmos estão normais. Se os ritmos estiverem ausentes, significa que existe uma “cicatriz”, uma fonte de uma disfunção. Para tratar a agressão, o terapeuta seguirá o caminho percorrido no corpo, ativando consequentemente sua autocura.
“As mãos do terapeuta mobilizam e estimulam os diferentes tecidos de acordo com o tipo de agressão, sem a ajuda de nenhum instrumento. Esta técnica é aplicável em todas as idades, com objetivo terapêutico ou não. E o seu princípio de cura é semelhante ao da homeopatia, já que ambas seguem duas leis: a cura pelo infinitesimal (o medicamento diluído, a palpação mínima) e pela similitude (o semelhante cura o semelhante)”, explica Afonso Salgado, da clínica Salgado Saúde Integral e Reabilitação. “Por isso, a microfisioterapia deve ser realizada apenas por fisioterapeutas e médicos – depois de um estudo aprofundado. E o fato dela tratar disfunções e desconfortos não significa que a técnica se opõe à medicina ou fisioterapia; pelo contrário, ela atua de forma preventiva e curativa ajudando a restauração dos tecidos e suas funções.”

Princípios da Microfisioterapia
A Microfisioterapia trabalha com quatro grandes princípios básicos: Autocura, Cicatriz Patológica, Correção Homeopática e Micropalpação. A Autocura parte do princípio que todo ser vivo é capaz de autopoiese, ou seja, capaz de fazer algo por ele mesmo e para ele mesmo usando sua capacidade de autogestão e de autocorreção, que está na base cicatrização ou da imunologia. Quando a autopoiese não se manifesta e os sintomas da doença se instalam, o terapeuta faz seu trabalho para mostrar ao corpo a origem da agressão, dando start ao mecanismo de autocura.

A Cicatriz Patológica surge quando o corpo tenta reparar uma agressão, mas não consegue eliminar o agente agressor por uma deficiência do sistema imunológico ou porque a agressão foi muito forte. Formada, a cicatriz patológica deforma as células e os tecidos e atrapalha sua função provavelmente gerando sintomas, e é sobre ela que o gesto de correção deve ser aplicado. Já de acordo com o grande princípio da homeopatia descrito por Hahnemann (fundador da doutrina homeopática), o gesto de Correção Homeopática será efetuado sobre o local da porta de entrada da agressão (cicatriz patológica) e será o menor possível, de maneira infinitesimal (micro).

E a Micropalpação é o gesto manual utilizado pelo terapeuta para trabalhar. Sempre feita com as duas mãos, em uma ligeira aproximação, a sensação que se passa entre as duas mãos vai indicar se o ritmo vital percebido através dos tecidos.


A sessão
A sessão de Microfisioterapia dura em média de 30 a 45 minutos e é indicada para qualquer tipo de pessoa. Após relatar os motivos de sua consulta, a primeira parte do trabalho é uma investigação micropalpatória que permite reencontrar a causa responsável pelo sintoma relatado - cicatrizes patológicas. A segunda parte consiste em procurar o sintoma que a cicatriz causou. Nesta ordem, o terapeuta mantém sua mão na causa (cicatriz) e investiga com a outra mão a consequência (o sintoma), percorrendo a linha média do corpo à procura o nível afetado. Uma vez que o nível é definido, a procura é feita na linha transversal deste nível, O tecido atingido permite reencontrar o sintoma e a sua localização no corpo que se manifesta por uma restrição entre o tecido atingido no nível e o órgão afetado.

“Neste momento, é possível dar aproximadamente a data em que o acontecimento instalou-se, solicitando pela palpação uma resposta do órgão a uma data definida pelo terapeuta. Estas datas podem ser desde antes do nascimento (disfunções pré-concepção ou na fase fetal), na infância, adolescência ou mesmo na fase adulta. E como o organismo do doente reage a esta data será percebido pelas mãos do terapeuta. Embora não se possa compreender totalmente este fenômeno, a fixação de datas traumáticas são informações interessantes, pois permitem ao paciente saber a origem da desordem. A compreensão da causa da dor presente, serve também como uma prevenção”, explica Afonso Salgado, da clínica Salgado Saúde Integral e Reabilitação.

Uma vez identificada e localizada, a cicatriz é estimulada a desencadear os processos de autocura, de maneira quase instantânea. É um diálogo direto com a memória tecidual do paciente, por via palpatória. Assim, muitas doenças e dores, que se devem a pequenas disfunções acumuladas durante a vida e responsáveis por enfraquecer o organismo, podem ser tratadas.

Segundo Afonso Salgado, essas disfunções podem ter como causa: frustrações, perdas, sentimentos de abandono, traumas que ocorreram na gestação, intoxicações e até mesmo as memórias hereditárias. “A Microfisioterapia ajuda o corpo a eliminar estas ‘cicatrizes’ e pode ajudar a melhorar muitos estados de saúde. Ajuda o organismo a fazer sua reconstituição, evacuando os vestígios tanto emocionais como traumáticos. Muitos dos problemas de saúde podem ser melhorados com a microfisioterapia.”

Clínica Salgado Saúde Integral e Reabilitação
A clínica Salgado Saúde Integral e Reabilitação, fundada pelo fisioterapeuta, Mestre pela UNESP – SP e Doutorando pela UniCastelo – SP em engenharia Biomédica Afonso Salgado, é composta por 4 clínicas localizadas nas cidades de São Paulo, Sorocaba, Londrina e Maringá. Ao investir na promoção da saúde e qualidade de vida, a clínica busca estar sempre à frente no que se refere às inovações tecnológicas e Terapêuticas, aplicando principalmente técnicas como Microfisioterapia (técnica de fisioterapia manual que identifica a causa primária de uma doença ou sintoma e estimula a autocura do organismo), Osteopatia, Palmilhas Posturais, entre outras. http://www.salgadosaude.com.br/

Dr. Afonso Shiguemi Inoue Salgado, formado em fisioterapia pela UEL e ex-residente da Universidade de Medicina de Lyon, Centre Interdepartamentale Lyon e Hopital Delemont (Suíça), é pós-graduado pela Confederação Francesa de Fisioterapia Desportiva, Mestre em Cirurgia Experimental pela Faculdade de Medicina da Universidade Estadual Paulista Campus Botucatu pela UNESP-SP e Doutorando em Engenharia Biomédica – UniCastelo-SP. Autor de diversos livros – “Fisioterapia nas lesões de tornozelo”, “Técnicas proprioceptivas de tornozelo e joelho” e “Eletrofisioterapia”, Dr. Afonso fez estágios e especializações dentro e fora do Brasil nos principais centros de fisioterapia. Formou-se em Posturologia (França, Itália e Dinamarca), Terapia Manual (University of St. Augustine – USA, Utrecht – Holanda, Ecole St Maurice – França), Eletrofisioterapia, Cadeias Musculares de Leopold Busquet (ex-professor e Introdutor do método no Brasil), Medicina Ortopédica de Cyriax (Bélgica), Osteopatia e Osteoetiopatia (Bélgica), Mobilização do Sistema Nervoso (Suíça), Microfisioterapia (França), Uroginecologia (França), Introdutor do método no Brasil de Iso-stretching, representante no Brasil dos métodos de Equilíbrio Neuromuscular e Microfisioterapia, e Introdutor no Brasil do método Leitura Biológica.

Informações para a imprensa:
Danielle Flöter
Rua Moacir Piza, 56 - Jardins
11 2308-7250/ 3085-6583
11 7871-1869/ 7694-6678
Nextel: 84*71771
www.flotereschauff.com.br

O meu objetivo nesta matéria é relatar sobre Técnica de Microfisioterapia ajuda a equilibrar e aumentar a vitalidade do corpo e tambem tirar suas duvidas, se está a procura de informação ou como encontrar o produto ou telefone de contato de empresas sobre: para que serve a microfisioterapia , o que é microfisioterapia e para que serve , microfisioterapia para que serve , microfisioterapia o que é , microfisioterapia londrina , para que serve microfisioterapia , microfisioterapia , microfisioterapia salgado , o que é microfisioterapia e para serve , microfisioterapia botucatu ,

Técnica de Microfisioterapia ajuda a equilibrar e aumentar a vitalidade do corpo

Deixe seu comentário

(Não divulgado)


Informe os numeros:





  • busco informações se poderia ajudar minha mãe nascida em 1935. que neste ano ficou inativa, com fortes dores, no corpo - que a impossibilitou de praticar tudo, esta na cama já passou por cirurgia na coluna que foi bem sucedida ( vértebras lesionadas- metá

    vanda valeria balsini porto

  • depois do paciente receber as informações sobre o que seu corpo mostrou,como a micro orienta esse paciente a lidar com estas informações?

    adriana

"As imagens presentes nesta matéria são reproduções de materiais já existentes. Caso tenha algum direito sobre as mesmas, entre em contato conosco para incluir os créditos ou solicitar a retirada."

Fique por dentro

Cadastre seu email e receba nossas novidades