O Limite Entre o Sexy e o Vulgar: Sensual na Medida Certa

     

Muitas mulheres, na tentativa de serem sensuais, acabam esbarrando na vulgaridade. Saiba como não errar na hora de ser sexy!

O Limite Entre o Sexy e o Vulgar: Sensual na Medida Certa
Todos já estão cansados de ouvir que entre a sensualidade e a vulgaridade há uma linha muito tênue. E realmente não é difícil ultrapassar essa linha quando não se toma muito cuidado e não se presta atenção na hora de compor um look.

Angelina com vestido em tom de nude. Foto:Reprodução
Angelina com vestido em tom de nude. Foto:Reprodução
Angelina Jolie em vestidos pretos. Foto:Reprodução
Angelina Jolie em vestidos pretos. Foto:Reprodução


Certa vez, o estilista Roberto Cavalli, conhecido por suas mulheres estilo pantera, nada sóbrias e muito sensuais, falou ao jornal Telegraph sobre a maneira vulgar como as mulheres modernas andam se vestindo, usando as seguintes palavras: “Existe uma verdadeira vulgaridade na forma como elas se vestem atualmente. Elas mostram muito (...) e não compreendem onde fica a linha entre o sexy e o vulgar. Eu sei onde essa linha fica”.

A sensualidade, na verdade, é muito mais do que uma roupa ou um estereótipo de beleza; ela é uma atitude, está na essência, na personalidade de uma mulher. A postura é fundamental para que ela seja considerada sexy. Tendo a atitude coerente, o próximo passo é pensar no tipo de roupa que combina com ela.

Eva Green é misteriosa, sensual e discreta. Foto:Reprodução

Eva Green é misteriosa, sensual e discreta. Foto:Reprodução

[bloco_link1]

O estilo misterioso de Eva Green é muito sensual. Foto:Reprodução

O estilo misterioso de Eva Green é muito sensual. Foto:Reprodução



Na forma de vestir existem muitas diferenças entre ser sexy e ser vulgar. Uma roupa sensual, independente de ser marcada por um decote, corte, cor ou transparência, é aquela que não compromete a moral e a integridade de quem veste. Mulheres de qualquer idade ou tipo físico podem ser sensuais; basta saber escolher roupas que valorizem seu corpo e sejam coerentes com a fase da vida em que estão. Uma mulher de 40 anos pode ser tão sensual quanto uma de 20, porém de maneira diferente; em comum entre todas, apenas uma característica: equilíbrio.

Julia e Carine Roitfeld: mãe e filha sensuais e discretas. Foto:Reprodução
Julia e Carine Roitfeld: mãe e filha sensuais e discretas. Foto:Reprodução
Julia Roitfeld sabe a diferença entre ser sexy e ser vulgar. Foto:Reprodução
Julia Roitfeld sabe a diferença entre ser sexy e ser vulgar. Foto:Reprodução

Julia Roitfeld é exemplo de sensualidade e elegância. Foto:Reprodução

Julia Roitfeld é exemplo de sensualidade e elegância. Foto:Reprodução



Existe uma regrinha sobre a qual todos os consultores de imagem estão acostumados a falar, e muitas pessoas já sabem de cor. Deve-se escolher uma parte do corpo para exibir, e é importante que seja aquela que é um ponto forte de determinada mulher. Se ela tem pernas em forma e bem torneadas, pode optar pelos comprimentos curtos. Nesse caso, é melhor não ousar no decote e escolher uma peça mais fechada na parte de cima.

Chlöe Sevigny - Discreta e sensual. Foto:Reprodução

Chlöe Sevigny - Discreta e sensual. Foto:Reprodução



Uma mulher mais gordinha, que tem as coxas mais grossas, deve evitar mostrá-las e pode apostar em um decote mais profundo, por exemplo, valorizando o que tem de melhor no próprio corpo. As mais cheinhas devem evitar peças justas e coladas ao corpo, que marquem partes indesejadas, e preferir modelagens mais soltas, porém não tão amplas que aumentem ainda mais a silhueta.

Beth Ditto: Gordinhas também podem ser sexy. Foto:Reprodução
Beth Ditto: Gordinhas também podem ser sexy. Foto:Reprodução
Beth Ditto, vocalista do Gossip, é uma das mulheres mais sensuais do rock. Foto:Reprodução
Beth Ditto, vocalista do Gossip, é uma das mulheres mais sensuais do rock. Foto:Reprodução


Drew Barrymore tem curvas avantajadas e sabe ser sensual e discreta. Foto:Reprodução
Drew Barrymore tem curvas avantajadas e sabe ser sensual e discreta. Foto:Reprodução
Fulvia Lacerda, modelo plus size, é um exemplo para gordinhas que querem ser sensuais. Foto:Reprodução
Fulvia Lacerda, modelo plus size, é um exemplo para gordinhas que querem ser sensuais. Foto:Reprodução


Mulheres magras podem abusar dos extremamente justos sem parecerem vulgares; isso já pode ser perigo para aquelas com curvas muito avantajadas e corpo mais volumoso, o que é bem típico do biótipo das mulheres brasileiras. No caso delas, modelagens próximas ao corpo, que contornam as curvas, podem ser uma boa opção, desde que não sejam coladas.

Nicole Kidman é uma mulher sexy e elegante. Foto:Reprodução

Nicole Kidman é uma mulher sexy e elegante. Foto:Reprodução



Ser sensual é insinuar, sem precisar mostrar. Tudo que é exposto totalmente perde a graça, não desperta curiosidade. Muitas vezes, uma transparência sutil ou fenda discreta pode ser mais sexy do que um corpo inteiro à mostra. Nunca se deve mostrar tudo ao mesmo tempo; é deselegante e extremamente vulgar.

Penelope Cruz costuma ser muito discreta, mas ainda assim, sensual. Foto:Reprodução

Penelope Cruz costuma ser muito discreta, mas ainda assim, sensual. Foto:Reprodução



Valorizar o lado feminino é essencial. É muito mais fácil ser sexy usando vestidos, por exemplo. Essa é uma peça que exalta a feminilidade naturalmente. É possível aliar a eles, e a outras peças de roupa, um truque de styling que valoriza, e muito, a silhueta do corpo da mulher: cintura marcada. Com cintos ou peças de cós alto, esse recurso ajuda a evidenciar as curvas femininas e deixa o visual com muito mais cara de “mulherzinha”. Essa é a maneira mais simples de ser sensual, embora muitas mulheres consigam ser extremamente sexies quando optam pelo estilo boyfriend, com peças masculinas em conjunto com outras, bem femininas.

Victoria Beckham é sexy com comprimentos mais longos. Foto:Reprodução

Victoria Beckham é sexy com comprimentos mais longos. Foto:Reprodução



Mas para ser sexy não basta mostrar a pele e as curvas. Existem muitos outros artifícios que podem ajudar na hora de se vestir de maneira sensual. A escolha do tecido, por exemplo, é primordial. Os materiais que instigam ao toque podem conferir sensualidade ao look sem precisar de peças justas ou curtas. Um exemplo? A seda e o cetim. São tecidos leves e suaves, com um caimento único, e capazes de deixar o visual muito sensual, sem precisar mostrar a pele de fato – apenas sugerem. O couro tem essa mesma função, devido à maneira como envolve o corpo, sua textura lustrosa e seu ar fetichista.

É muito importante investir em peças de qualidade, feitas em bons materiais e com o caimento perfeito. Essas características também podem ser definitivas para diferenciar o sexy do vulgar.

Sofia Loren envelheceu mas continuou com uma imagem de mulher sensual. Foto:Reprodução

Sofia Loren envelheceu mas continuou com uma imagem de mulher sensual. Foto:Reprodução



Cores e complementos devem ser analisados. O vermelho é muito ousado e, sem dúvidas, bastante sensual, mas tem de ser usado com cuidado; é muito mais fácil ser vulgar vestindo vermelho. Na dúvida, escolha o preto; é discreto, elegante e sexy, além de ficar bem em qualquer mulher. E por que não o nude? É uma das cores mais sensuais dos últimos tempos! Cada mulher tem seu tom de nude; para escolher, deve-se comparar com a pele: a cor deve ser mais próxima possível. A maquiagem também deve ser equilibrada, dependendo da roupa escolhida. Olhos marcados com sombra preta esfumada dão um certo ar de mistério. O mesmo acontece com o batom vermelho. E para finalizar, salto alto, sempre! Os saltos mexem com a postura, deixam o corpo mais reto, projetam o colo sutilmente para frente e deixam as pernas mais torneadas.

Maquiagem sexy de Victoria Beckham. Foto:Reprodução

Maquiagem sexy de Victoria Beckham. Foto:Reprodução



Na dúvida sobre como ser sexy sem parecer vulgar, existem muitos exemplos conhecidos que podem ser seguidos, para diferentes tipos de mulher. Muitas famosas por aí exibem um estilo sensual sem perder a elegância; essas boas referências são sempre bem vindas na hora de se vestir, basta procurar um perfil que seja compatível com o seu. E lembre-se que existe hora e ocasião para ser sexy e ser sensual, antes de tudo, é ter personalidade. Roberto Cavalli sabe onde fica a linha entre o sensual e o vulgar, e isso é algo que todas as mulheres deveriam saber.

Manuela Casali Cordeiro


Equipe de Redação Portais da Moda Departamento de Moda
Portais da Moda - Comportamento

O meu objetivo nesta matéria é relatar sobre O Limite Entre o Sexy e o Vulgar: Sensual na Medida Certa e tambem tirar suas duvidas, se está a procura de informação ou como encontrar o produto ou telefone de contato de empresas sobre: diferença entre sexy e vulgar , sexy vs vulgar , gordinha sexy sem ser vulgar , roupas sensuais sem ser vulgar , roupas sexies 40 anos , como se vestir sexy e com elegancia , fotos de roupas sexy sem ser vulgar , fots sexys e mas nao vulgar , o que é ser vulgar , roupa sexy para mulheres de 40 anos ,

O Limite Entre o Sexy e o Vulgar: Sensual na Medida Certa

Deixe seu comentário

(Não divulgado)


Informe os numeros:





"As imagens presentes nesta matéria são reproduções de materiais já existentes. Caso tenha algum direito sobre as mesmas, entre em contato conosco para incluir os créditos ou solicitar a retirada."

Fique por dentro

Cadastre seu email e receba nossas novidades


Fique por dentro

Receba dicas de moda,saude e beleza