Doenças da Tireóide

                                   

A tireóide é uma glândula que pode causa doenças como hipotireiodismo e hipertireoidismo

Doenças da Tireóide
A Tireóide pode ocasionar algumas doenças.. Foto:Divulgação

A Tireóide pode ocasionar algumas doenças.. Foto:Divulgação

A tireóide é uma glândula que esta localizada na região anterior do pescoço e que possui uma grande importância no controle do metabolismo do organismo, ou seja, é responsável por enviar para o corpo informações de como este deve trabalhar e usar sua energia. O funcionamento da tireóide segundo o médico endocrinologista Dr.Guilherme R.G. Silva, de Porto Alegre, é como um ar condicionado, que, se tem hormônio suficiente, a glândula para de produzir ele (igualmente como ao aparelho de ar condicionado que desliga, quando o ar do ambiente está frio suficientemente). E, o corpo quando necessita de mais hormônio, a tireóide começa a reproduzir de novo.

Porém, quando a tireóide têm tamanho desproporcional, sua produção do hormônio fica entre altos e baixos e desencadeia doenças como hipotireiodismo, bócio e hipertireoidismo. Segundo dados do Dr.Guilherme R.G. Silva, nos Estados Unidos, existe em torno de 20 milhões de pessoas que sofrem com alguma doença de tireóide.

O hipotireiodismo é decorrente de uma produção do hormônio da tireóide no sangue, que, por sua vez, ocasiona o funcionamento lento do organismo. E segundo pesquisas, esse problema atinge quase 5 milhões de brasileiros, mas, a grande maioria, não sabe que possui a doença. As maiores vítimas são as mulheres com quase quatro vezes mais índice de incidência. Não se tem uma causa principal do hipotireiodismo, porém a doença de Hashimoto, que por motivos desconhecidos não reconhece a tireóide como parte do organismo, pode ocasionar o mal funcionamento, desenvolvendo-se assim, o hipotireiodismo.

Aonde a tireóide está localizada no corpo.. Foto:Divulgação

Aonde a tireóide está localizada no corpo.. Foto:Divulgação

[bloco_link1]


Esta doença pode ter vários sintomas, uma vez que o hormônio da tireóide influencia todas as células do corpo, ou seja, a pessoa com hipotireodismo pode desencadear vários sinais como: cansaço, perda de apetite, aumento do peso, fadiga, tornozelos e rostos inchados, colesterol elevado e no caso das mulheres menstruação irregular ou ausente.

O hipotireiodismo não tem cura, mas com o tratamento correto seus sintomas podem ser amenizados. O tratamento vai variar de pessoa para pessoa, mas na sua grande maioria é estabelecido pelo o uso de medicamentos que contenham o hormônio tireoidiano.
O hipertireoidismo, ao contrário do hiportireodismo, faz com que a glândula produza muito mais hormônios (T3 e T4). É uma doença que afeta quase dez vezes mais as mulheres que os homens. Ela pode se manifestar na doença de Graves, que causa problemas no sistema imunológico.

Entre os sintomas mais comuns da hipertireoidismo temos: aumento da freqüência cardíaca, tremores, bócio, diminuição do fluxo menstrual (mulheres), queda de cabelos e perda de peso. Contudo, os sintomas não aparecem de uma vez, sendo que a doença deve ser diagnosticada por um especialista.

No tratamento do hipertireoidismo, podem haver dois tipos de tratamentos: com medicações e com o iodo radioativo. O medicamentoso, como o com metimazol, tem substâncias que servem para diminuir os níveis do hormônio tireoidianos no organismo. Já o iodo radioativo, é usado de forma liquida ou cápsulas, uma vez que a tireóide precisa de iodo para fabricação dos hormônios; e esta ao captar o iodo radioativo, destrói as células na corrente sanguínea.

A tireóide pode desencadear também o bócio, que é o aumento exagerado da glândula e, segundo pesquisas, pode atingir até 5% da população mundial. Este problema acontece pela ausência de iodo no organismo.

O bócio, não tem sintomas, porque pode ocorrer nas outras doenças, como hipertireoidismo e hipotireiodismo. Para tratar este problema, muitas vezes basta adicionar iodo ao sal de cozinha. Contudo, em outros casos se o bócio for de tamanho grande, uma intervenção cirúrgica pode ocorrer.

Outro problema preocupante é aparecimento de nódulos na tireóide, uma vez que se não tratados podem desencadear uma câncer de tireóide, mesmo sendo eles 90% dos benignos. Este pode desenvolver uma rouquidão na voz, ou dificultar o processo de respiração e deglutição, mas não deixa transparecer nenhum sintoma.

O diagnóstico de nódulos é importante, uma vez que este não produz sintoma. A partir daí, o paciente é encaminhado para o melhor tratamento. Contudo, se o câncer de tireóide for detectado precocemente, o tratamento pode ser feito através de cirurgia ou iodo radioativo.

Heloisa Pereira Oliveira


Equipe de Redação Portais da Moda Departamento de Saúde
Portais da Moda - Dicas de Saúde e Beleza

O meu objetivo nesta matéria é relatar sobre Doenças da Tireóide e tambem tirar suas duvidas, se está a procura de informação ou como encontrar o produto ou telefone de contato de empresas sobre: hipotireiodismo , quem tem tireoide pode beber cerveja , problemas na tireoide sai sangue , quem tem hipertireoidismo pode beber cerveja , tiriode sai sague da , alcool corta o efeito do tapazol? , cerveja sem álcool faz mal a tireoide , fotos de tireoide , qual o valor q tem que da qd da hipertiriodismo , tapazol ,

Doenças da Tireóide

Deixe seu comentário

(Não divulgado)


Informe os numeros:





  • bom dia , minha mãe está com tiroide e está na fila do sus a espera do tratamento , quando diagnosticado no inicio pode haver um tratamento rápido , mas como ter este tratamento se pacientes ficam na espera de uma vaga meses e meses , será que o governo ao qual pagamos nosso impostos não deveria se preocupar mais com a saúde e educação em vez de outras preocupações , mas isto não veem ao caso , gostaria de saber onde encontrar tratamento gratuito , desde já obrigada pelo espaço .

    vanessa sales de oliveira

  • minha filha tem 20 anos e descobriu a seis meses q tem a hipertireoidismo,a q faz emagrecer,mas ela está engordando,a médica disse que ela está n o quadro subclínico,que ainda pode mudar de hiper para hipo,alguém aí se encontra nesta mesma situação?

    rose

  • eu tenho dois nódulos, um deles estava 4mm e foi para 17mm, minha médica pediu para fazer pulsão biopsia por agulha fina de nódulo de tiroide, o exame de sangue t4 livre ft4 1,19ng/dl e o0 tsh 3,810uui/ml, tenho 52 anos estou na menopausa

    deborah malizia schmidt pinheiro

  • boa noite descobri alguns messes q tr tenho tiroide faso tratamento com medicacao percebi q encordei um pouco tenho muita roquidao gostaria de saber si.preciso fazer algum ezame mais detalhado desde de ja obrigadp

    jozineide f dos anjos

  • eu tomo puran 88 ja a 6 mese secando usava manequim 42 agora to 36 e ta grande meu medico so diz pra naome preoculpar como assim uma mulher no estado que estou é suicidiu

    andrea viana

  • deus vai cura todos q tem esta doença. toda vez q vc dormi chama pelo nome dele cenbri lenbri lenbri dassa mensaje

    julia

  • tenho amidalite, mais a algum tempo percebi um caroco, pode ter se tornado tireoide?

    luana

  • eu tenho um nódulo na tireoide,fiz a punção e deu benigno só que eu não tem acompanhamento do hidroguinologista devo fazer oq

    eliane dias franco

"As imagens presentes nesta matéria são reproduções de materiais já existentes. Caso tenha algum direito sobre as mesmas, entre em contato conosco para incluir os créditos ou solicitar a retirada."

Fique por dentro

Cadastre seu email e receba nossas novidades


Fique por dentro

Receba dicas de moda,saude e beleza