A Moda do Bom Retiro

Atraindo 70 mil pessoas por dia, o Bairro investe em criatividade no produto e no atendimento

A Moda do Bom Retiro
Movimentação nas ruas do Bom retiro . Foto:Divulgação

Movimentação nas ruas do Bom retiro . Foto:Divulgação


Famoso por ser um grande centro comercial de São Paulo, o bairro do Bom Retiro já teve um passado bonito e elegante quando as estações da Luz e Júlio Prestes eram meios de chegada e partida dos mais ricos viajantes.

Veja também: Moda Bom Retiro e Brás Verão 2010 e 7ª Edição Bom Retiro Fashion Business.

Antiga habitação de judeus, árabes, armênios, gregos e italianos, hoje o Bom Retiro abriga 60% da sua população de coreanos. Com um número cada vez menor de residências, na maioria habitações coletivas para moradores de baixa renda, o bairro mescla as indústrias de confecções e tecelagens ao volumoso comércio de atacado.

O centro comercial paulista, quase que uma "China" nacional, corresponde ao Brás, ao Bom Retiro e ao Itaim, três bairro que, juntos, ocupam 10 quilômetros quadrados e atendem lojas de todo o país, faturando mais de 10 bilhões de reais por ano.

Conhecido há décadas pela oferta de produtos baratos, o Bom retiro agora tem também espaço para qualidade e regalias. As clientes (na maioria são mulheres) deixaram de ser sacoleiras e atendem por revendedoras de moda, bebem espumantes dentro das lojas e descansam em cadeiras reclináveis enquanto esperam a compra ser embalada.

Apesar da cautela dos compradores diante da crise econômica, os vendedores não desanimam: O cliente anda levando pouco, mas volta para buscar mais. Segundo Stéfanos Anastassiadis, dono da Controvento, confecção localizada no Bom Retiro e que vende 10.000 peças de vestuário por mês, a qualidade, a pesquisa e a apresentação são grandes investimentos. "Nossa estilista viaja três vezes por ano para os Estados Unidos e a Europa. Eu não faço blusinha de 9,99. E só vendo mercadoria passada e no cabide", orgulha-se.

Sandra Miyuki, uma das clientes da Controvento, tem sua loja em Atibaia e visita o Bom Retiro todas as terças-feiras. O acréscimo para a revenda pode passar dos 100%, como é o caso do vestido que comprou por R$260,00 e que vende por R$590,00.

Sandra, de Atibaia (SP), mostra o vestido que comprou no atacado por 260 reais no Bom Retiro (na foto à esquerda) e vende por 590: maratona às terças. Foto:Lailson Santos

Sandra, de Atibaia (SP), mostra o vestido que comprou no atacado por 260 reais no Bom Retiro (na foto à esquerda) e vende por 590: maratona às terças. Foto:Lailson Santos

[bloco_link1]


Graças a essa sofisticação decorrente da busca por clientes, a parcela que comprava nos Estados Unidos agora tem a função facilitada, podendo encontrar no bairro paulista tudo o que se vê lá fora.

Cerca de 70 mil pessoas chegam ao bairro todos os dias em busca da diversificação, o que explica a necessidade da criação diária de 6 novas peças por grife; o que gera uma movimentação de 2 bilhões de reais por ano, resultando em 50 mil empregos diretos e 30 mil indiretos.

A diversidade do bairro inclui gastronomia, espaços religiosos e lugares curiosos; além disso, o principal pólo de moda popular do Brasil já inseriu no calendário nacional o Bom Retiro Fashion Business, criado pela Câmara de Dirigentes Lojistas do Bom Retiro como parte do projeto de transformação da região em bairro consolidado como grande núcleo de moda. “A iniciativa mudou a imagem do bairro. Antes, as pessoas se lembravam do Bom Retiro como reduto popular de compras, mas, com o evento, o talento dos lojistas e dos seus estilistas passaram a ser reconhecidos”, comenta Nivaldo Junior, diretor de marketing da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

Bom Retiro Fashion Business. Foto:Divulgação

Bom Retiro Fashion Business. Foto:Divulgação



Para quem ainda não se localizou, o distrito é atendido pela Linha 1 (Azul) do Metrô de São Paulo e pelas linhas 7, 8, 10 e 11 da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Futuramente, também será atendido pela Linha 4 (Amarela) do Metrô de São Paulo. Para quem não abre mão do carro, além das dezenas de estacionamentos, nas ruas funcionam o esquema da Zona Azul. Mas fuja da José Paulino. Como o trânsito ali é intenso, as vias paralelas são as mais indicadas.

Entre acessórios, armarinhos, aviamentos, artigos para decoração, cama, mesa e banho, tecidos e roupas masculinas e femininas, é este último o campeão de vendas. Afinal, há em torno de 830 lojas destinadas ao público feminino. As principais vias de moda podem ser assim relacionadas:

Rua da Graça: Foco em malharia, como artigos de tricô, além de saias, blusas e calças;
Rua Silva Pinto: Lugar das roupas mais conservadoras e sociais – para senhoras e para tamanhos acima do 46;
Ribeiro de Lima: Concentração de artigos como bolsas e carteiras a preços facilmente acessíveis;
Rua José Paulino: A rua possui um mix que a moçada e até mesmo os mais conservadores adoram. Para quem gosta de criar, é um prato cheio. Mais barata que qualquer loja de shopping, apresenta uma bela diversidade;
Rua Aimorés: Fashion e um pouco mais sofisticada que a José Paulino. É onde se concentram as compradoras donas de boutique.

Ao lado da 25 de Março, uma das mais tradicionais ruas de São Paulo, o metro quadrado da José Paulino, a principal rua do Bom Retiro, não sai por menos de R$ 10 mil. O que demonstra o grau de valorização, já que na Avenida Paulista, o centro financeiro da capital, o metro quadrado gira em torno de R$ 9 mil. Até mesmo na luxuosa Oscar Freire, o metro quadrado custa R$ 7 mil.

Com relação à segurança, empresas de segurança reforçam a vigilância dos veículos estacionados e homens sobre bicicletas, cavalos, andando a pé pelas ruas ou, ainda, pilotando suas viaturas fazem parte do cenário do bairro.

Mas, como precaução nunca é demais, veja as 20 principais dicas da Polícia Militar para quem freqüenta grandes centros comerciais, como o Bom Retiro:

1) Evite fazer compras sozinho;
2) Prefira realizá-las durante o dia;
3) Procure fazer suas compras em dias e horários de menor movimento;
4) Evite aglomerações, inclusive em ruas e lojas;
5) Suspeite de atrações publicas (cantores e demais artistas). Elas podem servir para tirar sua atenção e facilitar uma ação criminosa;
6) Tenha muita atenção com pessoas estranhas que se aproximam;
7) Desconfie de empurrões ou esbarrões;
8) Não perca as crianças de vista enquanto olha vitrines ou faz compras;
9) Evite utilizar jóias e roupas que chamem a atenção;
10) Não deixe a bolsa, carteira ou outros objetos comprados de forma descuidada. Mantenha – os sob sua atenção, e nunca perca contato visual, deixando - os próximos a você. Lembre – se de que devem ser transportados junto e à frente do corpo, para o lado de dentro da calçada.;
11) Evite carregar muitos pacotes ou sacolas para não chamar atenção e não Ter as duas mãos ocupadas;
12) Na hora da compra, preferencialmente, dê referências comerciais em vez do telefone residencial;
13) Evite retirar sua carteira em publico, sobretudo em bares, lojas e locais de grande movimento. Se precisar fazê-lo, seja discreto e não permita que outras pessoas vejam seu conteúdo;
14) Leve consigo somente os cartões e cheques necessários;
15) Prefira pagar com cheque ou cartão, para não Ter consigo grandes quantias em dinheiro;
16) Tenha dinheiro separado para pequenas despesas, além de mantê-lo dividido, também, em diferentes bolsos, preferencialmente nos da frente;
17) Cuidado no momento de efetuar o pagamento com cartões, a fim de se evitar a clonagem;
18) Não perca seu cartão de vista e certifique – se de sua utilização apenas na máquina de sua operadora;
19) Avisa imediatamente a perda, o roubo ou o extrativo de cartões ou talões bancários;
20) No caso de furto ou qualquer ocorrência policial, comunique o mais rápido possível à Polícia militar.

Quer saber mais sobre o bairro?
O vídeo a seguir mostra uma reportagem sobre Bom Retiro no intuito de divulgar São Paulo. Mas nada melhor que dar um pulinho por lá. Custar, custa; Mas custa menos!




Jéssica Matiko Yano
Redação

O meu objetivo nesta matéria é relatar sobre A Moda do Bom Retiro e tambem tirar suas duvidas, se está a procura de informação ou como encontrar o produto ou telefone de contato de empresas sobre: blusas controvento onde comprar , bom retiro vestidos , ################################# , bom retiro sp lojas , controvento moda , controvento moda feminina coleçao 2014 , lojas que façam sacolas pra revendedoras e entreguem com telefone , moda feminina numero 50 , modado para madrinha de casamento , onde comprar roupas atacado atibaia ,

A Moda do Bom Retiro

Deixe seu comentário

(Não divulgado)


Informe os numeros:





  • gostaria muito de ser uma revendedora qualquer dia desses vou fazer um visita às lojas mas antes gostaria de saber quais as melhores lojas que posso estar comprando para revenda bj thau!!!!

    nete gomes

  • olá, preciso saber onde fica ou o contato da marca de roupas femininas "amorango". grata, larissa bordalo

    larissa bordalo

  • compro sempre em grandes quantidades,mais não sou logista,alguma lojavende em atacado sem cnpj?se sim,quais?

    andrÉa

"As imagens presentes nesta matéria são reproduções de materiais já existentes. Caso tenha algum direito sobre as mesmas, entre em contato conosco para incluir os créditos ou solicitar a retirada."

Fique por dentro

Cadastre seu email e receba nossas novidades