Teciteca

Tecido De Couro


O couro é o único tecido que conforme o tempo passa torna-se mais bonito, confortável e com tato agradável, acrescentando um luxo clássico que só ele tem.

O couro é considerado um tecido circundante, pois pode ser usado em qualquer ocasião e em diferentes condições climáticas.

Possui características firmes, macias e elásticas. Mantém a forma original quando esticada e absorve o vapor de água sem perder seu ressecamento.
O tecido de couro pode ser obtido comercialmente a partir de bovinos, bezerros, cabras, ovelhas, carneiros, cavalos, porcos, cangurus, veadoss, répteis, focas, morsas, etc.

Os principais exportadores de couro de pele de cabra no mundo são Índia, China e Paquistão. Em pergaminho de couro, China, Nova Zelândia, Austrália e Irã são os importantes exportadores. Estados Unidos, Europa, Brasil e União Soviética são os principais exportadores de couros bovinos.

PROCESSO DE FABRICAÇÃO DO COURO

Pré-curtimento

- A pele retirada do animal já está limpa e salgada, pois evita a decadência do mesmo.
- Em seguida é enviada ao curtume de preparação e triagem.
- Assim o couro é mergulhado na água para restaurar a taxa de humildade, que é perdida durante o processo de salga.
- É tratada mecanicamente com pás e rolos para remover gordura, músculo e tecido muscular.
- Durante a calagem a pele fica envolvida em solução de cal para remover os pêlos e a epiderme.
- Na de-calagem as peles são lavadas em água contendo cloreto de amônio ou sulfato de amônio para neutralizá-la.
- Depois envolve-se o couro em tratamento com enzimas digestivas para remover proteínas não-fibrosas.
- O processo denominado “Scudding” é feito com uma faca para remover pêlos remanescentes e gorduras.
- Por fim, é posta em ácido sulfúrico para baixar o pH.

Bronzeamento

Processo onde o couro é banhado por uma proteína fibrosa, que serve para proteger e esconder as áreas mais suscetíveis a desgastes e podridão. Isto é feito através da remoção das moléculas de água das proteínas do couro e os substitui com produtos químicos que mantenham a flexibilidade e resistência do tecido.

Lubrificantes, tingimentos e acabamentos

Após curtimento, o couro sofre processos diferentes, que irão depender da utilização do produto final.

- A pele curtida utilizada em solados é branqueada, lubrificada e em seguida passa por laminadores para torná-la firme e brilhante.

- Antes ou depois do tingimento, o couro é laminado em lixívia que contêm gorduras graxas e óleos emulsionados. Em seguida, o couro é colado em um vidro para que possa ocorrer a dessecação do mesmo.

No acabamento, o couro fica revestido por um tecido superficial, que contém compostos químicos, este é escovado e misturado com resinas sintéticas para obter brilho e suavidade, resultando no produto final.

CARACTERÍSTICAS DO TECIDO DE COURO

- Possui porosidade
- Impermeável
- Firme e macio
- Mantém a sua forma original
- Resiste ao processo de envelhecimento.
- Durável.
- Resistente à abrasão e ao vento.

UTILIZAÇÃO DO TECIDO DE COURO

- O couro é um tecido versátil que pode ser usado em: solados, correias de máquinas, motores, luvas, casacos e outros.
- Também é muito utilizado em estofos, sofás, carteiras, bolsas, sacos, cintos, tapetes e tendas.


ÚltimasNotícias

Receba notícias no seu
email - Portais da Moda