Glossario de moda

Jean – Paul Gaultier
Aos 18 anos pisou de no terreno da moda, passando a trabalhar com Pierre Cardin. Nome já consagrado. Cardin era capaz de mudar uma coleção na última hora, e esse tipo de imprevisibilidade encantava o irrequieto Gaultier. “O enfant terrible da moda francesa” nasceu em Paris e, como gosta de contar, sempre preferiu vestir, pentear e maquiar seu ursinho de estimação, Nana, do que participar de um jogo de futebol entre seus amigos.”
Até ter seu próprio ateliê, ele trabalhou ainda com Jacques Esterel e para a Maison Patou, onde seu estilo irreverente definitivamente não encontrou espaço. Em 1976, apresentou sua primeira coleção chamada Bric et Broc, tendo roupas feitas de tapetes, de ráfia, tutus de bailarina e jaquetas. As criticas não foram muito favoráveis.
A rejeição não durou muito. Em pouco tempo, o estilista passava a ter suas loucuras não só aceitas, mas disputadas. E as novidades não paravam mais de aparecer.

Durante os anos 80, Gaultier firmou definitivamente seu nome como estilista inovador e capaz de surpreender a cada coleção, sempre sem abrir mão da qualidade de sua produção. Sua fama cresceu ainda mais quando teve a cantora Madonna entre suas clientes, e diz-se que foi para homenageá-la que um de seus perfumes ganhou a sensual embalagem de um torso nu de mulher.

FIQUE POR DENTRO

SHOPPING
moda
z